2

A vereadora de Natal pelo PSTU, professora Amanda Gurgel, esteve na quinta-feira (23) em Extremoz e Ceará-Mirim para debater a situação da educação no País e lançar seu livro “A quem serve a crise da Educação Brasileira? Uma análise da realidade educacional no Brasil e no RN”. À tarde, a vereadora fez o lançamento em Extremoz, na Universidade Aberta do Brasil (UAB). À noite, em Ceará-Mirim, o evento ocorreu na Escola Estadual Eneas Cavalcanti. O debate contou com a presença de muitos professores e alunos das duas cidades, que ficam na Região Metropolitana de Natal.

A obra faz um levantamento de dados e analisa diversos aspectos sobre a crise da educação pública. Entre eles, o baixo investimento brasileiro comparado a outros países, analfabetismo, Plano Nacional de Educação, adoecimento de professores, a situação de Natal e do RN e a concepção socialista de escola. “A precarização do ensino vai desde os baixos salários dos trabalhadores até a falta de merenda nas escolas. Estamos longe de ser a Pátria Educadora que a presidente Dilma gosta de falar. Não existe Pátria Educadora com o corte de 19% no orçamento deste ano. É o mesmo descaso dos governos anteriores.”, analisa a vereadora.

9

O livro também aponta propostas para retirar o setor da situação dramática que vive hoje, como o investimento imediato de 10% do PIB exclusivamente em educação pública, e não no ensino privado, como faz o governo. “Não dá para esperar mais 10 anos como Dilma e o Congresso definiram no Plano Nacional de Educação. O Brasil precisa investir 10% do PIB agora, e na educação pública.”, destaca Amanda.

O trabalho foi escrito pela professora Amanda Gurgel em parceria com o pesquisador do Instituto Latino-americano de Estudos Socioeconômicos (ILAESE), Nazareno Godeiro. Em breve, o livro também será lançado em Natal, outras cidades da região metropolitana e no interior do RN.

Veja mais fotos dos lançamentos AQUI.

Ficou interessado no livro? Se quiser, você já pode adquirir pela internet, acessando o site da loja da editora Sundermann. Clique AQUI.

Facebook Comments